5 dicas de segurança para backups

Fala pessoal, no post de hoje vou trazer algumas dicas sobre segurança nos backups do SQL Server.


No post anterior falei sobre os tipos mais comuns de backup (clique para ver) se você não viu ainda aproveita pra conferir também, é bem importante para compreender ainda mais o conteúdo desse post.


Quando pensamos em backups do SQL Server, estamos garantindo a segurança dos dados contra uma eventual perda de servidor, ou até mesmo de alguma falha lógica do próprio banco de dados.


Tendo isso em mente, vou listar 5 dicas importantes para que você possa sempre ter certeza de que esta seguro com seus backups.


1) Monitore a geração dos arquivos: Você não vai executar todos os seus backups de forma manual, portanto acompanhe a sua rotina automatizada para garantir que os arquivos estão sendo gerados (parece óbvio mas tem gente por aí que não faz isso, configura e deixa lá sem acompanhar).


2) Use a clausula CHECKSUM: irá realizar uma soma de verificação de páginas no banco e irá sinalizar caso exista alguma inconsistência (isso te ajuda a encontrar algum problema de forma mais rápida e tomar uma ação o quanto antes).


3) Armazene os backups fora do servidor: de nada adianta gerar os arquivos no mesmo servidor onde esta o banco e deixá-lo lá apenas, em uma eventual perda do servidor você perde o banco e os backups juntos (não confie no hardware, faça cópias, múltiplas se possível. As cópias podem ser feitas para outro servidor, HD externo, serviço de nuvem ou até um pen drive, mas deve ser copiado.) Automatize a cópia para que todos os backups sempre estejam fora do servidor, gerou o arquivo na sequencia já copia, assim em uma eventual perda da maquina, você tem a garantia que todos os backups estão copiados fora.


4) Valide os arquivos com RESTORE VERIFYONLY: não adianta guardar um backup que não esteja funcionando, então use o restore verifyonly para garantir que o seu arquivo est integro e não vai te deixar na mão, não existe situação pior do que achar que esta seguro e na realidade não esta, evite surpresas, não corra o risco de quando precisar restaurar um backup ele não funcionar. Um informação importante é que da versão 2012 do SQL para trás essa clausula não tinha tantas verificações então recomendo realizar um restore físico mesmo do arquivo para testar, mas da 2014 em diante a microsoft já acrescentou varias outras tratativas que garantem a segurança do arquivo, e por isso faço uso dessa clausula.


5) Faça testes periódicos com os arquivos copiados: crie um processo a cada 1 semana, 10 dias ou como preferir, importante não ser muito espaçado, para testar os arquivos que foram copiados para fora do servidor, você já validou ele com o verifyonly, porém ocorreu uma cópia do arquivo, é importante voltar ele no ambiente e realizar um restore físico para garantir que continua funcionando (não queremos achar que estamos seguros e não estarmos, lembra?)


Esses 5 passos vão te ajudar e muito a estar seguro e tranquilo com a sua política de backup, e claro, o seu cliente por tabela.


Nos acompanhe em nossas redes sociais!

Youtube(vídeos novos todas as quartas): https://www.youtube.com/channel/UChFeqc-m7HZNdkoP0CshMGQ

Face & Instagram(conteúdo diário): dba on boarding

Até a próxima, tchau!


#CG_Administration

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo